Av. Caçapava, 527 - 2o andar, Bairro Petrópolis

Porto Alegre, RS 90460-130

Estacionamento gratuito na frente

© 2014 por VITTALIS STUDIO PILATES. 

depoimentos

Nossos alunos queridos deixaram seus depoimentos contando suas experiências com o Método Pilates, vale a pena ler e se inspirar :)

Tenho 61 anos e, desde a adolescência, frequentei escolas de ginástica, que passaram a chamar-se Academias. Fiz muita musculação e treinamento aeróbico ao longo de todos esses anos. Há 8 anos, passei por uma cirurgia de hérnia de disco e, após 2 meses de fisioterapia, voltei para a academia. Desde o ano passado, no entanto, comecei a interessar-me por Pilates e resolvi experimentar, inicialmente mesclando com aulas de musculação. Fui gradativamente me apaixonando pelo Pilates e acabei abandonando a academia de longos anos. Percebo que o trabalho com Pilates é integrativo, na medida em que trabalha  o corpo como um todo, incluindo a mente, através do controle do equilibrio, respiração e postura. Na academia, você trabalha com grupos musculares isolados e nem sempre tem consciência corporal do que está fazendo. Faço Pilates há 8 meses e já notei algumas diferenças, entre elas, maior flexibilidade, correção da postura, diminuição de medidas e corpo mais feminino e torneado,  além do fim das dores lombares e das cãimbras.  Hoje além do Pilates, faço caminhadas, tanto na rua, quanto na esteira, porque a parte aeróbica também é importante. Não sinto falta da academia. Estou muito feliz e disposta! Regina.

Regina

Meu nome é Maristela, tenho 54 anos, sempre fiz academia e caminhadas. Ingressei no pilates há quase 3 anos, em funcão de  um problema na coluna (espondilolistese). Os benefícios foram muitos, as dores diminuiram, meu corpo definiu, a concentracão e a musculatura ficaram melhor. Intercalo, durante a semana, caminhadas e pilates, assim, sinto que  corpo e mente estão em perfeita sintonia.

Maristela

Ricardo, 61 anos, tive problemas no nervo ciático...sentia muitas dores, que se propagavam para toda a perna, procurei um fisoterapeuta que eliminou a dor e me recomendeu que fizesse pilates, para que estas dores não voltassem....realmente foi o que ocorreu, não tive mais que conviver com este problema. Como gosto de jogar padel, o pilates me ajuda muito....ganhei muita flexibilidade e agilidade para praticar este esporte. 

Ricardo

Tenho 27 anos, sempre pratiquei esportes na infância e adolescência como vôlei, handebol, jiu-jitsu e até rugby! Porém, com a vida atribulada, trabalho sem rotina e estudos - do mundo adulto- o esporte ficou pra trás e a escoliose acabou se transformando em um grande problema. Dores, indisposição, mau-humor e insônia passaram a ser cada vez mais insistentes e constantes a ponto de se cogitar uma cirurgia corretiva. Após várias consultas... vários médicos... uma prescrição de 3 meses de Pilates antes de marcar o dia C (cirurgia). Nas duas primeiras semanas de prática de Pilates já não possuía mais dores, dormir já era possível e esperança de melhorar era radiante. Há aproximadamente 5 meses pratico Pilates e posso dizer que a escoliose tornou-se apenas um acessório, e não mais um problema. A evolução dos alongamentos é notável assim como a articulação da coluna e correção postural. Além dos benefícios à saúde é um esporte livre doutrina, possui acompanhamento profissional qualificado, trabalha equilíbrio e respiração e é extremamente prazeroso! Amo Pilates :)

:)

Please reload